CID-10

Categoria Herpes zoster [Zona]

Código: B02

Descrição: Herpes zoster [Zona]

Abreviada: B02 Herpes zoster

Grupo: Infecções virais caracterizadas por lesões de pele e mucosas

Capítulo: Capítulo I - Algumas doenças infecciosas e parasitárias

Subcategorias

Ver Grupos do CID-10

Definição

Herpes zoster

Herpes zoster, também conhecido por zona, é uma doença viral caracterizada por erupções cutâneas dolorosas com bolhas e que afeta uma área de pele reduzida

Geralmente a erupção cutânea ocorre num dos lados do corpo ou da face ao longo de uma faixa

Entre dois a quatro dias antes da erupção pode verificar-se dor ou formigueiro na área, não existindo praticamente outros sintomas para além destes

A erupção cutânea geralmente resolve-se sozinha ao fim de duas a quatro semanas

No entanto, algumas pessoas desenvolvem dores nos nervos que podem durar de meses a anos, uma condição denominada nevralgia pós-herpética

Em pessoas com o sistema imunitário debilitado, a doença pode-se espalhar pelo corpo todo

Quando a erupção afeta o olho, pode ocorrer perda de visão

O herpes zoster é causado pela reativação do vírus Varicela-Zoster (VVZ) no corpo da pessoa

A infeção inicial com o VVZ causa varicela

Depois da varicela desaparecer, o vírus pode permanecer dormente nas células nervosas

Os fatores de risco para a reativação do vírus incluem idade avançada, sistema imunitário debilitado e ter tido varicela antes dos 18 meses de idade

Ainda não é totalmente conhecida a forma como o vírus permanece no corpo e é posteriormente re-activado

A exposição ao vírus presente nas bolhas pode transmitir varicela às pessoas que não tiveram a doença anteriormente, mas não causa herpes zoster

O diagnóstico tem por base os sinais e sintomas da pessoa

O vírus varicela-zoster não é o mesmo que o vírus do herpes simples, embora ambos pertençam à mesma família de vírus

A vacina contra o herpes zoster diminui entre 50% e 90% o risco de desenvolver herpes zoster, dependendo da vacina usada

Diminui também o risco de nevralgia pós-herpética e a gravidade dos surtos

Após os 80 anos a vacina ainda é eficaz, embora em menor grau

A vacina contém o mesmo material da vacina contra a varicela, mas em dosagem maior

Caso a doença se desenvolva, os antivirais como o aciclovir podem diminuir a gravidade e duração da doença quando são administrados no prazo de 72 horas a seguir ao aparecimento da erupção cutânea

As evidências não demonstram haver efeito significativo dos antivirais ou dos esteroides no risco de nevralgia pós-herpética

Para o alívio da dor aguda podem ser administrados paracetamol, anti-inflamatórios não esteroides ou opiáceos

Estima-se que cerca de um terço das pessoas desenvolva herpes zoster em determinado momento da vida

Embora a doença seja mais comum entre os idosos, também afeta as crianças

O número de novos casos por ano varia entre 1,2–3,4 por cada 1000 pessoas entre adultos saudáveis e 3,9–11,8 por cada 1000 pessoas entre os maiores de 65 anos

Cerca de metade das pessoas com 85 anos tiveram pelo menos um episódio da doença e menos de 5% tiveram mais de um episódio

A doença é conhecida desde a Antiguidade