CID-10

Categoria Varicela [Catapora]

Código: B01

Descrição: Varicela [Catapora]

Abreviada: B01 Varicela

Grupo: Infecções virais caracterizadas por lesões de pele e mucosas

Capítulo: Capítulo I - Algumas doenças infecciosas e parasitárias

Subcategorias

Ver Grupos do CID-10

Definição

Varicela

Varicela, também conhecida no Brasil por catapora, é uma doença altamente contagiosa causada pela infeção inicial com o vírus Varicela-Zoster (VVZ)

A doença provoca erupções cutâneas características na pele, a partir das quais se formam pequenas bolhas muito pruriginosas que ganham crosta

Tem geralmente início no peito, nas costas e na face, espalhando-se depois para o resto do corpo

Entre outros possíveis sintomas estão febre, fadiga e dores de cabeça

Os sintomas começam-se a manifestar entre dez a vinte e um dias após a exposição ao vírus e geralmente duram entre cinco a dez dias

As complicações podem incluir pneumonia, inflamação do cérebro e infeções da pele por bactérias

A doença é frequentemente mais grave em adultos do que em crianças

A varicela é geralmente transmitida por via aérea, propagando-se facilmente através das gotículas produzidas pela tosse e espirros de uma pessoa infetada

A pessoa infetada é contagiosa desde um a dois dias antes do aparecimento da erupção cutânea até que todas as lesões tenham ganho crosta

Pode também ser transmitida pelo contacto direto com as bolhas

As pessoas com zona podem transmitir varicela às pessoas que não estejam imunes através de contacto com as lesões

O diagnóstico da doença geralmente baseia-se nos sintomas

Em casos pouco comuns, pode ser confirmado com um exame da reação em cadeia da polimerase (RCP) do líquido das bolhas

Pode ainda ser realizado um exame aos anticorpos no sangue para determinar se a pessoa é ou não imune

Geralmente as pessoas só desenvolvem a doença uma vez na vida

Embora possam ocorrer novas infeções, estas reinfeções geralmente não causam quaisquer sintomas

A vacina contra a varicela esteve na origem de uma diminuição acentuada do número de casos e complicações da doença

A vacina protege da doença entre 70 e 90% das pessoas, com maior benefício para os casos mais graves

Muitos países recomendam a vacinação de rotina das crianças

A vacinação no prazo de três dias após a exposição pode melhorar o prognóstico em crianças

O tratamento de pessoas infetadas consiste em pomada de calamina para diminuir a comichão, em manter as unhas cortadas para diminuir as lesões provocadas ao coçar e na administração de paracetamol para diminuir a febre

Nos grupos em maior risco de complicações, está recomendada a administração de antivirais como o aciclovir

A varicela ocorre em todas as partes do mundo

Em 2013 ocorreram 140 milhões de casos de varicela e de herpes zoster em todo o mundo

Antes da vacinação de rotina, o número de casos anuais era semelhante ao número de pessoas nascidas nesse ano

Desde a introdução da vacina, o número de infeções diminuiu 90%

Um em cada 60 000 casos resulta em morte

Em 2015 a varicela causou 6400 mortes em todo o mundo, uma diminuição em relação às 8900 em 1990

Até ao fim do século XIX, a varicela e a varíola eram consideradas a mesma doença

Foi em 1888 que se concluiu estar associada à herpes zoster